Direito Digital e Compliance

Categorias


Direito Digital e Compliance

EUA teria evidências do backdoor da Huawei

A Huawei nega as alegações das autoridades norte-americanas.

Ricardo Córdoba BaptistaRicardo Córdoba Baptista

Além de pressionarem seus aliados a proibir equipamentos da fabricante chinesa Huawei em suas redes 5G, as autoridades norte-americanas agora dizem ter evidências de que a empresa teria criado um backdoor capaz de dar acesso a redes de telefonia móvel em todo o mundo, de acordo com o matéria publicada no Wall Street Journal.1

A reportagem do WSJ sobre os backdoors da Huawei ocorre na mesma semana em que o Washington Post informou que a Agência Central de Inteligência (CIA) dos EUA e o serviço de inteligência BND alemão possuíam secretamente uma participação de controle na empresa suíça Crypto AG por décadas. De acordo com a reportagem, a CIA usou seu acesso à tecnologia de criptografia da empresa para espionar mais de 100 países.2

Para o pesquisador independente de segurança cibernética Lukasz Olejnik é preciso mais detalhes sobre a suposta porta de fundos antes de tirar conclusões: “Sabemos que formas de interceptação legal legal são uma característica de todas as gerações de especificações de telecomunicações celulares. Mas não está claro a que autoridades da história do Wall Street Journal se referem exatamente”.3

Em comunicado, a Huawei negou as alegações, dizendo que nunca acessará secretamente redes de telecomunicações e não possui a capacidade de fazê-lo.4

Referências

  1. U.S. Officials Say Huawei Can Covertly Access Telecom Networks: https://www.wsj.com/articles/u-s-officials-say-huawei-can-covertly-access-telecom-networks-11581452256
  2. How the CIA used Crypto AG encryption devices to spy on countries for decades: https://www.washingtonpost.com/graphics/2020/world/national-security/cia-crypto-encryption-machines-espionage/
  3. The US Fears Huawei Because It Knows How Tempting Backdoors Are: https://www.wired.com/story/huawei-backdoors-us-crypto-ag/
  4. Media Statement Regarding WSJ “Backdoor” Story: https://www.huawei.com/en/facts/voices-of-huawei/media-statement-regarding-wsj

Advogado com pós-graduações em Direito Digital, Compliance e Segurança da Informação. Graduação em Filosofia. Certificado EXIN Data Protection Officer (PDPP). Membro da Internet Society. Faz parte do escritório Silva, Santana & Teston Advogados.

Comments 0
There are currently no comments.