Direito Digital e Compliance

Categorias


Direito Digital e Compliance

O que mais preocupa os auditores internos?

Risk in Focus 2020: As preocupações com a cibersegurança continuam no topo da lista dos riscos corporativos.

Ricardo Córdoba BaptistaRicardo Córdoba Baptista

Pesquisa realizada pela Chartered Institute of Internal Auditors (IIA) apontou que, de acordo com 78% dos auditores internos de empresas das principais economias da Europa, os ataques cibernéticos representam o maior risco enfrentado pelas organizações.1

Algumas conclusões da pesquisa:

  1. Os três principais riscos enfrentados pelas organizações em nove países europeus são: segurança cibernética (78%), mudança regulatória (59%) e digitalização (58%);
  2. A cibersegurança (78%) e a digitalização e modelos de negócios disruptivos (58%) apareceram nos três principais riscos nos últimos dois anos;
  3. O relatório recomenda várias maneiras pelas quais as empresas podem aumentar a proteção contra ameaças cibernéticas, incluindo:
    Recrutar um especialista interno ou externo em segurança da informação para minimizar os riscos corporativos;
    Avaliar como os chatbots (Alexa e Siri, por exemplo) do atendimento ao cliente são protegidos contra violações;
    Avaliar a segurança dos serviços em nuvem.
Os ataques cibernéticos são o maior risco que as empresas enfrentam, de acordo com 78% dos auditores internos das principais economias da Europa.

Em relação ao ano passado, houve aumento de 18% no número de auditores que citam a segurança cibernética como um dos cinco principais riscos.

Assista ao resumo do relatório:

risk-in-focus-2020-report

Referências

  1. Risk in Focus 2020: Hot topics for internal auditors: https://www.iia.org.uk/research-and-insight/risk-in-focus/

Advogado com pós-graduações em Direito Digital, Compliance e Segurança da Informação. Graduação em Filosofia. Certificado EXIN Data Protection Officer (PDPP). Membro da Internet Society. Faz parte do escritório Silva, Santana & Teston Advogados.

Comments 0
There are currently no comments.